sexta-feira, 21 de julho de 2017

Nota de Falecimento.

Piratini- 21 de julho de 2017

Filho Paulo Renato Rodrigues de Oliveira, Nora, Netos e demais Familiares da sempre lembrada Eva Rodrigues de Oliveira (mais conhecida por Chininha), convidam parentes e pessoas de suas relações e amizades o velório e sepultamento deste ente querido. O corpo está sendo velado na Capela Municipal de Piratini e será sepultado amanhã (21) às 09:00 horas no Cemitério Local. Pelo comparecimento a família enlutada antecipa agradecimentos. Noticiamos com pesar o falecimento da sempre lembrada Eva Rodrigues de Oliveira (mais conhecida por Chininha).

quinta-feira, 20 de julho de 2017

SF-Thomaz Machado vai cantar no Palco do Rio Grande

Quinta-feira- 20 de julho de 2017
Thomaz deve atrair um grande público ao Centro de Eventos
A Franca Eventos, a principal das três empresas que ganharam o direito de promover a semana farroupilha de Piratini, edição 2017, divulgou na tarde da quarta-feira, 19, as atrações da abertura do evento dia 13 de setembro, também para o dia 14, e do encerramento, dia 20. Entre os que sobem ao Palco do Rio Grande onde já pisaram e cantaram grandes nomes da música regionalista e fandangueira, está Thomaz Machado, o pequeno gauchinho que ganhou fama ao participar e vencer o programa global The Voice Kids no ano passado. Thomaz se apresentará dia 14 do mês farrapo e dividirá as atenções com o Grupo Tchê Guri.

Para um dia antes, 13, na abertura, a Franca Eventos revelou que o piratiniense Cristiano Quevedo, consagrado pelo rio grande, será uma das duas atrações, assim, mantém-se a tradição, pois há anos Quevedo abre ou fecha o evento. No mesmo dia, a linha fandangueira ganha espaço com o badalado Tchê Garotos que fez fama nacional na linha pop, mas que durante uma parte do ano, incluindo o mês farrapo, torna a vestir bombacha.

No encerramento, dia 20, data em que o Centro de Eventos Erni Pereira Alves concentra o maior público, Joca Martins abre à tarde de shows, logo a seguir, o uma atração local: o cantor da terra Gilberto Gomes faz sua apresentação. Ao romper da noite o encerramento será com Julian Juliano e Só Vanerão.



terça-feira, 18 de julho de 2017

Educação:Pais voltam a reclamar do Transporte escolar

Terça-feira- 18 de julho de 2017

Quantos dias são necessários para que um aluno da rede pública estadual possa concluir ou não, a série em que está? A Lei de Diretrizes da Educação Básica determina que são 200 dias em sala de aula, o que certamente não é cumprido por uma parte significativa dos estudantes da zona rural de Piratini.

Alheio à sua vontade, há no mínimo dois anos eles não acompanham todo o conteúdo dado pelos mestres e pior: como é uma incógnita o recolhimento nos pontos acertado entre pais e Secretaria de Educação local, as crianças e adolescentes que já sofrem no verão, agora, nas paradas, ainda de madrugada enfrentam o rigoroso inverno até estourar o horário combinado. Hora de voltar para casa, este será mais um dia sem aula.

No programa Nativa Debate, da rádio Nativa FM, que foi ao ar na segunda-feira, 18, o tema tornou a substituir a pauta principal. Pais desesperados pedindo que imprensa interceda junto à prefeitura para que os alunos interrompam as faltas, em muitos casos sucessivas e que certamente interferem na qualidade do aprendizado.

No 2º distrito, Escola José Maria da Silveira, o caso mais grave: 26 dias sem transporte escolar. Já no 2º distrito, alunos da Escola Corinto Escobar, situada em Herval, mas que recebe estudantes que moram na divisa entre os dois municípios dado a um convênio entre as cidades citadas, também reclamam estar sem a condução que deveria levar e trazer. No 1º distrito, localidade Solidão, em outro caso de convênio só que com o município de Canguçu, mais clamor: alunos da Escola Joaquim Nabuco afirmam que o transporte não recolhe, mas, nesse caso, duas diferenças, pois o proprietário da empresa contratada alega as péssimas condições de um trecho do percurso e o secretário de educação de Piratini e, que também é vice-prefeito, Gilson Gomes, admite que a prefeitura está em atraso com relação ao pagamento.

Após receber as reclamações através de nossa reportagem, Gomes se comprometeu em examinar todos os casos e convocar a imprensa para dar explicações.


segunda-feira, 17 de julho de 2017

Nota de agradecimento

Filhos Nilton Gomes Corrêa e esposa, Ilton Gomes Corrêa e esposa e demais familiares de Olga Gomes Corrêa ,agradecem as manifestações de apoio e solidariedade recebidas por ocasião de seu falecimento.

Agradecem sensibilizados a atenção de todos os vizinhos e em especial  aos estimados Pedro e Tereza, Jaime e Enilda, também aos médicos dr Vítor Machado Lobato, dr Jorge Luiz Machado e Luiz Fernando Farias que ao longo destes anos, não mediram esforços  para o cuidado e prolongamento de sua existência direção e funcionários do hospital Nossa Senhora da Conceição.

Por fim, nossa eterna gratidão a todas as cuidadoras e em especial as estimadas Ermita, Tereza, Zenaide e Linéia por todo carinho e cuidado.

Outrossim, convidamos para a missa de sétimo dia a realizar-se dia 19 de julho, as 14:00 horas na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.

Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Definidos os organizadores da Semana Farroupilha 2017

Um pregão eletrônico ocorrido hoje, entre 09 e 10hs da manhã, definiu a situação da Semana Farroupilha de Piratini. Três empresas participaram, ou seja, mostraram interesse em promover e organizar o evento: uma de Pelotas, uma de Porto Alegre e uma de Passo Fundo. A, S.F. Franca Eventos, sediada em Passo Fundo e, de propriedade do piratiniense Celomar Silva, conhecido no meio artístico e cultural como Cebola, foi a vencedora. Embora a Franca tenha se inscrito no pregão, na verdade será conglomerado de três empresas que estará à frente do evento, se somando a empresa de Passo Fundo ainda a MC Produção e Representação, de Erechim e a Frigo Eventos, sediada em Chopinzinho, Paraná.

Em primeira mão ao Eu Falei, Cebola, 34 anos, já revelou algumas definições sobre o evento e, como o preço do pacote está entre as principais indagações nas redes sociais, o empresário disse que entende ser um valor acessível o que vai ser cobrado: “o pacote para sete noites custará R$ 60,00 e dará direito ao comprador a concorrer a uma moto”, revelou. Ingressos com 50% de desconto, que a lei manda vender a estudantes, passarão a ser comercializados a partir de do inicio de setembro.

Quanto aos shows, o empresário adiantou que serão no mínimo dois por noite, mas que há sim a possibilidade de uma ou outra noite termos três shows no Palco Rio Grande. No dia 20 ele garantiu que serão de 04 a 05 atrações. “temos 90% da grade de shows já encaminhada. Gostaríamos de levar, por exemplo, Os Monarcas, que há mais de 10 anos não vai a Piratini, mas para isso precisaríamos ter começado a trabalhar em janeiro, então, para esta edição teremos uma mescla com novidades e grupos renomados”, disse.


Para finalizar comentamos com Cebola a questão da presença das emissoras de rádio no interior do Centro de Eventos, o que deixou de ocorrer quando há três anos o então prefeito Vilso Agnelo passou a cobrar para que houvesse as transmissões. Cebola foi taxativo com relação ao assunto: todos os meios de comunicação do município terão cada um o seu espaço disponível, pois, contamos com a mídia local para a grandeza do evento”.
Nael Rosa- redator responsável
Contato: 53-84586380

email:naelrosa@nativafmpiratini.com